Mês: agosto 2020

CAIÇARA DO RIO DO VENTO: Local NET e seu provedor com alta tecnologia informa…

A LOCAL NET estabelecida em nossa bravia Caiçara do Rio do Vento, oferece uma diversificação de serviços a população Caiçarense e região, agora com novos investimentos, tem intensificado e ousado em tecnologia de ponta aos seus clientes, brevemente em novas instalações para oferecer uma melhor comodidade, venha ser um cliente da LOCAL NET e confira os planos e ou outros serviços que a Empresa pode lhe oferecer.

SANTA MARIA: Quatro pessoas morrem em acidente entre caminhão e carro na BR-304

Grave acidente na BR-304 deixa 4 mortos e 1 ferido — Foto: Cedidas / PRF

Grave acidente na BR-304 deixa 4 mortos e 1 ferido

Quatro pessoas morreram e uma ficou gravemente ferida em um acidente envolvendo uma carreta e um carro de passeio na tarde desta sexta-feira (28) na BR-304, em Santa Maria, a 70 km de Natal. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, 4 mulheres que estavam no carro de passeio morreram. O motorista do carro ficou gravemente ferido.

O Corpo de Bombeiros e Samu foram acionados para atender a ocorrência. O acidente aconteceu por voltas das 12h no Km 257 da rodovia. O carro de passeio modelo prisma, cor vinho, foi atingido lateralmente pela carreta. Após a batida, os veículos foram parrar em uma área descampada às margens da BR.

O motorista do carro foi socorrido por uma ambulância do Samu em estado grave. Ainda não há informações sobre os ocupantes da carreta.

FONTE: G1

Governo do RN anuncia reajuste de 11,1% no leite pago aos produtores

O anúncio do reajuste do valor pago pelo litro de leite bovino e caprino adquirido para o Programa do Leite Potiguar (PLP), gerido pelo Governo do RN, através da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), foi muito bem recebido pelos produtores presentes à solenidade realizada no Auditório da Governadoria, nesta quinta-feira (27). A governadora Fátima Bezerra destacou o esforço realizado entre os órgãos estaduais visando o reordenamento do processo de compra e distribuição do leite, que culminou com o reajuste do produto após quatro anos, beneficiando produtores e laticínios.

“É extraordinária a importância dessa reunião de hoje, em que estamos anunciando uma retificação mais do que justa para vocês. Sempre tive muita clareza da importância desse programa, que fortalece a cadeia produtiva do leite”, disse. Após o reajuste de 11,1%, que começa a ser pago na segunda quinzena de setembro, o litro de leite bovino passa a custar ao Estado R$ 2,40, dos quais R$ 1,50 são repassados ao produtor e R$ 0,90 ao processamento do laticínio. O valor atual é R$ 2,16 (R$ 1,38 ao produtor e R$ 0,78 ao laticínio). O litro do leite caprino também sofre reajuste e passará a ser adquirido por R$ 3,00 (valor atual é R$ 2,70).

Ao encerrar sua fala, a chefe do Executivo estadual ressaltou que o reordenamento do Programa do Leite Potiguar é motivo de satisfação pessoal, pois ao mesmo tempo que beneficia os produtores, garante que o produto que é tão importante para a nutrição de crianças, nutrizes e idosos alcance quem realmente precisa. “Vivemos em uma região que precisa sim de incentivos dessa natureza, e quero reforçar que não foi simples para nós fazermos essa matemática, visto que os recursos foram reduzidos”. Ela se refere à queda de arrecadação do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop), gerido pela Sethas, que financia o programa.

O PLP integra as ações de desenvolvimento rural e de segurança alimentar do Estado e atua, particularmente, para o fortalecimento da Agricultura Familiar e para a promoção do direito humano à alimentação adequada e saudável das famílias em situação de vulnerabilidade social, alimentar e nutricional. A projeção de investimento mensal para o programa é de R$ 369,6 mil, beneficiando 70 mil famílias. A secretária Íris Oliveira destacou o envolvimento dos órgãos governamentais, que executam as ações estruturantes para fortalecer a cadeia produtiva, e o aplicativo que está sendo desenvolvido com o IFRN para tornar o processo cada vez mais transparente. “Nosso compromisso também está em regularizar e manter o pagamento em dia”, enfatizou.

Ações estruturantes

O secretário Aldemir Freire (Planejamento e Finanças) fez uma breve apresentação sobre a estruturação e o fortalecimento da pecuária leiteira do RN, que está sendo realizada graças ao esforço conjunto feito pelos órgãos Emater, Idiarn, Emparn, e as secretarias da Agricultura e Pesca (Sape) e Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural (Sedraf). O leite é o terceiro produto da agropecuária e aquicultura potiguar, atrás apenas do camarão e da cana de açúcar. Sendo que a principal diferença é que a cadeia produtiva do leite é pulverizada em todo o território potiguar.

“A atividade se insere no conjunto de medidas que o Estado está tomando para retomar a economia. Incentivando a pecuária estamos trabalhando para a recuperação da economia do RN. Temos o maior número de produtores, e maior disseminação geográfica”, explicou. Ele destacou ações como o melhoramento genético, feito pela Emparn (Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN), e inspeção sanitária e certificação, pelo Idiarn (Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN).

Com a atualização no preço do leite, o Governo do Estado vai custear o aumento de 20% no valor do litro de leite do Programa de Aquisição de Alimentos – Modalidade Incentivo ao Consumo e à Produção de Leite (PAA-Leite). O PAA Leite é um programa operacionalizado pelo Governo do Estado, através da Emater-RN, mediante parceria com o Governo Federal, através do Ministério da Cidadania.

Os secretários de Estado também destacaram a ações de fortalecimento da cadeia do leite. Guilherme Saldanha (Sape) destacou o diálogo constante com os produtores, que vem sendo construído desde 2019; Alexandre Lima (Sedraf), comentou sobre a importância das compras governamentais; o diretor da Emater, César Oliveira, frisou o programa de produção e conservação de forragem, que entre outras ações distribui palmas forrageiras para alimentar e nutrir o gado; e o secretário Jaime Calado (Desenvolvimento Econômico) ressaltou a importância que o Estado tem para fortalecer a bacia leiteira.

Os produtores Marcelo Passos (Anorc), José Vieira (Fenaer), Dalton Barbosa Silva (Sindleite) e Francisco Fernandes da Costa (Núcleo de Produção do Leite) destacaram o esforço do governo ao atender à reivindicação do reajuste, além de terem enfatizado as ações estruturantes que têm sido realizadas para aumentar a qualidade do leite.

O vice-governador Antenor Roberto participou da solenidade, que contou também com a presença de representantes da Emparn, Idiarn, e das entidades dos trabalhadores rurais Fetarn e Fetraf.

Governo do RN realiza pagamento de servidores neste sábado (29)

A folha salarial completa do mês de agosto será quitada neste sábado (29), num total de aproximadamente R$ 455 milhões, com a segunda parcela de pagamentos. Com isso, o Governo do Estado mantém o calendário em dia, mesmo sob os efeitos econômicos da pandemia.

Neste sábado recebem o salário integral todos os servidores lotados em pastas com recursos próprios. Também o funcionalismo que recebe acima de R$ 4 mil (valor bruto) terão os 70% restantes do salário depositado no início da manhã.

A primeira parcela de pagamento foi adiantada no último dia 15, com salário integral pago a quem ganha até R$ 4 mil, 30% para quem recebe acima desse valor e o salário integral para toda a categoria da Segurança Pública

Portal Grande Ponto

RIACHUELO: Pesquisa eleitoral tem resultado em empate técnico entre Junior Colaça e Joca Basílio

RIACHUELO-RN-PRAÇA E IGREJA MATRIZ-FOTO:WILSON ALCARAS - RIACHUELO - RN

FOTO ILUSTRATIVA: Cidade de RIACHUELO-RN

O instituto Item finalizou pesquisa eleitoral no município de Riachuelo.

Registrada na justiça eleitoral, sob número 01317/2020, a pesquisa ouviu 400 eleitores no dia 24 de agosto.

Na pesquisa estimulada há um empate entre os dois candidatos.

Júnior Colaça – 41,%

Joca Basílio – 41,%

Indecisos, brancos e nulos – 18%

 

FONTE: Thaisa Galvão

Insegurança volta ao campo com assaltos a granjas em diversos municípios no RN, causando medo e prejuízos

A sensação de insegurança volta a tomar conta do campo no Rio Grande do Norte. Nos últimos dias são vários os relatos de assaltos a granjas e propriedades rurais em diversas localidades no Estado, causando além do medo, grandes prejuízos.

Os assaltos têm se tornado cada vez mais constantes. Há registros destas ocorrências criminosas na Grande Natal, em Ceará-Mirim, São Gonçalo do Amarante, Taipú e Poço Branco, por exemplo. Proprietários destas áreas reclamam que têm sido difícil manter empregados no campo devido a falta de segurança.

ATENÇÃO, Projeto que aumenta penas para quem desviar recursos destinados ao combate à pandemia pode ser votado na terça-feira na Câmara

25
O Plenário da Câmara dos Deputados pode votar na terça-feira (25) o projeto que aumenta as penas de vários tipos de crimes ligados ao desvio de recursos destinados ao enfrentamento de estado de calamidade pública, como a relacionada à pandemia de Covid-19. A sessão deliberativa virtual está marcada para as 15 horas.

De autoria da deputada Adriana Ventura (Novo-SP) e outros, o Projeto de Lei 1485/20 determina que a pena de reclusão de 1 a 3 anos por associação criminosa será aplicada em dobro se o objetivo é desviar recursos durante estado de calamidade pública.

De acordo com o parecer preliminar da deputada Greyce Elias (Avante-MG), dobram também as penas do capítulo do Código Penal referente a crimes contra a administração pública praticados com esse objetivo, como emprego irregular de verbas públicas (detenção de 1 a 3 meses) e corrupção passiva (exigir ou receber propina), cuja pena é de reclusão de 2 a 12 anos.

Quanto ao crime de corrupção ativa, que ocorre quando alguém oferece propina a funcionário público, a pena de reclusão de 2 a 12 anos poderá dobrar se o ato for cometido com o objetivo de desviar recursos destinados inicialmente ao combate à pandemia.

FONTE: Agência Câmara de Notícias

LAJES: BOLSONARO atende pleito de Benes e autoriza realização de estudos para construção da Barragem do Alívio

O deputado federal Benes Leocádio participou durante toda esta sexta-feira, 21, de uma programação com o Presidente Jair Bolsonaro nas cidades de Mossoró e Ipanguaçu. Na oportunidade, o Presidente autorizou o Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho a iniciar o projeto de estudos para construção da Barragem do Alívio na zona rural de Lajes que beneficiará diversos municípios da região central.

A construção da barragem do Alívio é um sonho que se estende por mais de 80 anos e que foi abraçado pela bancada Federal do RN a pedido de Benes Leocádio. “Já agradecemos o presidente Jair Bolsonaro por reconhecer a importância dessa obra tão sonhada pelos moradores da região Sertão Central Cabugi”, disse Benes em seu perfil nas redes sociais.

FONTE: Robson Cabugi