Brasil supera o ‘trauma’ e vira contra a seleção da França

R7 – As más recordações da seleção brasileira no Stade de France não foram um problema para Neymar. Sob a liderança do atacante, o time de Dunga venceu a França por 3 a 1 nesta quinta-feira (26), de virada, e chegou à sétima vitória em sete jogos na segunda passagem do treinador.
Desfalcada e com pouco tempo de treinamento, a equipe brasileira começou o jogo apática e dando bastante espaço para os franceses, que não demoraram a assustar. Logo no começo, aos sete minutos, Jefferson fez grande defesa em cabeçada de Benzema. Pouco depois, aos 21, o goleiro não teve chances contra Varane, que marcou após cobrança de escanteio.
O gol sofrido não assustou o Brasil, que passou a pôr a bola no chão e criar mais oportunidades, principalmente do lado esquedo com Neymar. Mais organizada, a seleção empatou a partida ainda no primeiro tempo. Em boa tabela com Roberto Firmino, Oscar recebeu dentro da área e mandou para a rede aos 39 minutos. No segundo tempo, o jogo foi todo da equipe brasileira. Apesar de algumas investidas dos donos da casa, Neymar comandou o time rumo aos dois gols que garantiram a vitória. No primeiro, o próprio camisa 10 marcou em chute cruzado aos 11 minutos.
Aos 23 minutos, o volante Luiz Gustavo, acostumado a estragar as jogadas adversárias, mudou de função, subiu mais alto que a zaga após escanteio e deixou o dele de cabeça: Brasil 3 a 1. Depois de bater a França, a seleção agora parte para Londres, Inglaterra, onde encara o Chile no Emirates Stadium, no próximo domingo (29), às 11h (horário de Brasília). O amistoso é o último do time de Dunga antes da convocação para a Copa América.

Deixe uma resposta