Comando da PM pede saída do capitão Styvenson da Lei Seca

Pedido de devolução do capitão aos quadros da PM foi protocolado na Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) ontem, sexta-feira

capitão Styvenson Valentim
O Comando Geral da Polícia Militar do RN pediu a devolução do capitão Styvenson Valentim aos quadros da instituição. O atual coordenador da Operação Lei Seca estava cedido ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran). O pedido de retorno ao quadro da PM foi feito após o capitão criticar a atuação de delegados de Polícia Civil no estado, através de um áudio que circulou no aplicativo Whatsapp.
Durante a gravação o capitão afirmou que “policial civil ganha muito bem para não fazer nada. Delegado ganha 23 mil reais para não fazer nada”.
Em entrevista a Rádio 96 FM no início desta noite o capitão Styvenson afirmou deixar o cargo com o “sentimento de dever cumprido”.

Deixe uma resposta