Como será a sessão do impeachment no Senado

Começa daqui a pouco, às 9 horas, no Senado, a sessão que vai definir pelo afastamento da presidente Dilma Rousseff.
Para que a sessão seja aberta, é necessário um quórum mínimo de 41 senadores.
A sessão acontecerá em 3 blocos: 
9h às 12h
13h às 18h
A partir das 19h até o fim
Pelas regras definidas:
– Os senadores que se inscreveram poderão falar por até 15 minutos
– Eles se alternarão entre os que são pró e contra o impeachment
– Depois o relator Antonio Anastasia (PSDB-MG) poderá falar sobre o parecer por 15 minutos
– A defesa, representada pelo advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, também poderá falar por 15 minutos
– A votação é aberta e nominal, mas não haverá a convocação de um por um à tribuna, como na Câmara dos Deputados
– O painel será aberto e o voto é feito por sistema eletrônico (sim, não ou abstenção) por cada um em sua mesa
– Após o término dos votos, o painel mostrará o total e como cada um se posicionou. O presidente do Senado só vota em caso de empate
Se for aprovado o relatório da comissão, o processo é oficialmente instaurado e a presidente é afastada por até 180 dias. 
Caso ele seja rejeitado pelo plenário, o processo é arquivado e a presidente permanece no cargo.
*com informações do G1

Deixe uma resposta