DICAS E CURIOSIDADES SOBRE O BEIJO

O contato com cada parte do corpo humano pode ter um significado especial. O ato de tocar os lábios em alguém ou em outra coisa dá-se o nome de beijo. Observando de uma maneira fria, esquecemo-nos que o beijo pode representar um simples cumprimento ou expressar uma ardente paixão, uma forma de agradecimento ou simbolizar uma conquista; como um sinal de recompensa para o mocinho, que lutou contra o vilão para chegar vivo ao final do filme e beijar a mocinha. Assim, também faz o atleta que beija medalha da conquista. Em todos estes casos, o beijo serve como termômetro para medir o grau de afeto entre duas pessoas. Isso pode ser verificado em casais que, depois de muito anos de relacionamento, perdem o interesse um pelo outro e acabam deixando o beijo de lado. Se pensarmos que pessoas que não se conhecem e as prostitutas não se deixam beijar, podemos dizer que a intimidade entre as pessoas também pode ser medida pelo beijo. Verdade é que o beijo, além de termômetro, pode ser considerado um exercício de alto esforço, que chega a queimar 12 calorias por minuto, movimenta, só na face, 29 músculos e pode dobrar o batimento do cardíaco, mexendo com os cinco sentidos: paladar, audição, visão, tato e olfato. Para completar a excitação de tantos sentidos, a região da boca só perde em sensibilidade para a glande e o clitóris.
Alguns tipos de beijo:
– Beijo de tia: aquele em que só as bochechas se encostam e a boca beija o nada.
– Beijo francês: o famoso beijo de língua.
– Beijo chinês: cola-se os lábios e o nariz na bochecha do parceiro, aspira-se o seu perfume e em seguida estala-se a boca num beijo sonoro.
– Beijo japonês: dado pelo homem na nuca da gueixa.
– Beijo esquimó: só encosta o nariz.
– Beijo borboleta: os cílios encostam-se e os olhos piscam.

Deixe uma resposta