Garoto de 12 anos é morto a pedradas após “roubar” 45 galinhas

Caso fique provada a participação dos dois adolescentes no homicídio, eles ficarão internados em um centro de educação por até três anos
2
Um crime atípico ocorreu na noite da última sexta-feira (14), em São José do Campestre, a 100 quilômetros da capital do Rio Grande do Norte: um menino de 12 anos foi morto a pedradas por dois adolescentes de 17 anos por ter “roubado” 45 galinhas de um dos autores do homicídio.
Ambos os suspeitos foram presos na tarde do sábado (15), logo após o corpo do garoto, João Victor da Silva Enedino, ter sido encontrado dentro de um matagal de uma comunidade afastada da área urbana da cidade, chamada Rua da Paraíba. As investigações seguirão para confirmar que a versão do soldado Renê Ramon Barbosa Nunes, que citou a motivação do crime, é verdadeira.
1
Créditos: G1-RN
Ainda neste domingo (16), os dois menores devem ser levados a um centro de triagem para adolescentes infratores em Natal, onde serão direcionados para internação. Caso fique provada a participação de ambos os jovens no homicídio, eles ficarão internados em um centro de educação por até três anos.
Com informações de Anderson Barbosa, do G1-RN

Deixe uma resposta