HENRIQUE E JOÃO MAIA SE ENTENDEM, MAS CHAPA SERÁ ANUNCIADA SEM VICE

João e Henrique “fumaram o cachimbo da paz”

Os deputados Henrique Alves e João Maia fumaram o cachimbo da paz.
E ficou decidido que João, e não mais o PDT, permanece vice na chapa que será anunciada sexta-feira.
Mas, que que será anunciada exatamente com o ponto X que desagradou o vice, que abriu a vaga e que abriu a crise.
João não será anunciado na sexta.
Um ‘mise en scene’ pra justificar a abertura da vaga, a abertura da crise…e a autoridade máxima de quem comanda a chapa, definiu como 5 de abril o anúncio do vice.
Mise en scene mesmo porque…todo mundo não já sabe quem é o vice?
Por que então um vácuo de 8 dias?
Se não mais para abrigar o PDT…seria então para acomodar, ainda, o PSD do vice-governador Robinson Faria?
Robinson está em Orlando, descansando.
Viajou com a mulher Juliane e a filha Maria Fernanda, mais o filho-deputado Fábio Faria e a namorada Patrícia Abravanel.
Na terra do Mickey ainda iriam encontrar o pai de Patrícia, o apresentador Sílvio Santos.
Robinson só retorna a Natal no dia 2 e abril.
Pega a chapa de Henrique ainda sem vice, pelo menos anunciado.
Apenas com um vice cozinhado…
Mas…voltando ao calendário, o anúncio da sexta será só do governadorável Henrique Alves e da senadorável Wilma de Faria.
Mas Wilma ainda não bateu o martelo, apesar de falar como candidata ao Senado.
Wilma falta ainda conversar com o presidenciável Eduardo Campos, presidente do seu partido, que deseja vê-la num palanque como candidata ao Governo.
Wilma jura de pés juntinhos que o PSB no Rio Grande do Norte tem liberdade para definir a candidatura dela, e que só vai a Eduardo Campos para bater o martelo..
‘Para ele me orientar’, disse Wilma ao Blog.
O encontro seria ontem, mas Campos teve compromisso em São Paulo que se estendeu até a noite e não pôde retornar a Recife.
A conversa ficou para quinta-feira. Véspera do anúncio marcado para às 10 horas no PraiaMar Hotel, em Ponta Negra.
Até lá…cruzem os dedos.
Passada a sexta, 8 dias depois, terá o lançamento do vice, que o governadorável Henrique Alves agora jura de pés juntinhos que será….que será…João Maia.
Aí os festejos não param por aí não…
Dias depois terá novo episódio festivo da chapa para anunciar a entrada do Pros de Ricardo Motta, que também não ficou nadica satisfeito com o revertério que sofreu a chapa nos últimos dias.
E por aí vai. Uma festa atrás da outra até anunciar o último voto

Deixe uma resposta