Ministra Cármen Lúcia diz que espera adotar melhorias para trabalho de juízes de execuções penais até fim de 2017

Depois de visitar o presídio federal de Mossoró, a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, desembarcou em Natal para visitar o PEP e o CDP (feminino) em Parnamirim.
A intenção da nova presidente do Supremo, que também preside o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), é ver de perto a realidade do sistema prisional em todo o país, e levar apoio aos juízes que atuam na área da execuções penais.
“Vim ao Rio Grande do Norte porque é um Estado que passou recentemente por problemas na área penitenciária e por isso é o primeiro a ser escolhido para nossas visitas”, justificou a ministra.

Deixe uma resposta