MOSSORÓ: Dono de sucata é executado com dezesseis tiros

Testemunhas contaram para a polícia que a vítima tinha acabado de chegar à mercearia para tomar café, como fazia rotineiramente antes de ir para a sucata
1
A Polícia Militar registrou mais um crime de homicídio com características de execução – o quarto em menos de 12 horas – na cidade de Mossoró, no Oeste Potiguar. O crime aconteceu por volta das 05h50 do último sábado (12), em uma mercearia as margens da BR 405, saída para Apodi no bairro Forno Velho.
A vítima, identificada como Julius Rimet Domingues e conhecido como “Julio da Sucata” de 58 anos, natural de Natal, foi executado com cerca de dezesseis tiros de pistolas calibres 380 e ponto 40.
Testemunhas contaram para a polícia que a vítima tinha acabado de chegar à mercearia para tomar café, como fazia rotineiramente antes de ir para a sucata, da qual era dono e que fica localizada em frente ao estabelecimento, quando os atiradores chegaram em um veículo tipo Fiat Siena de cor branca.
Ainda de acordo com testemunhas, dois homens desceram do carro e começaram a atirar contra o empresário que ainda tentou correr, mas sem êxito. Após o crime, os atiradores fugiram pela BR 405 sentido Apodi e não foram identificados. Durante a perícia realizada no local do crime, a equipe do Itep, recolheu dezesseis capsulas de pistolas calibres 380 e ponto 40 espalhadas pelo chão.
De acordo com a Polícia Civil, o empresário era investigado em três processos que tramitam na Justiça, sendo dois por receptação qualificada e um por adulteração de sinal identificador de veículo automotor.
A motivação do crime ainda é desconhecida pela polícia. Apos os trabalhos da equipe do Itep o corpo do empresário foi removido para ser examinado pelo médico legista e depois liberado para sepultamento. Com a morte de Julius Rimet, Mossoró atinge a marca dos 198 homicídios em 2016.
FONTE: Fim da Linha

Deixe uma resposta