NATAL: Grevistas cobram reajuste e criticam falta de estrutura nos hospitais do Estado

Sindsaúde promoveu um ato público em frente à Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap)

JAS_0077
Os servidores da saúde estadual iniciaram nesta quarta-feira (22) uma greve geral. Entre as reivindicações da categoria estão o pagamento em dia dos salários, realização de concurso público e a retirada do projeto de lei da Previdência Complementar da Assembleia Legislativa.
O Sindicato dos Servidores em Saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde) promoveu um ato público em frente à Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). Durante o protesto, os grevistas também cobraram a melhoria das condições de trabalho nos hospitais públicos do RN.
Em entrevista ao Portal Agora RN, um dos membros do Sindsaúde, Breno Abbott, cobrou do governo estadual atenção com os servidores. “Estamos há 6 anos sem aumento salarial, com péssimas condições de trabalho. Não tivemos outra alternativa a não ser o início da greve”, ressaltou.
O líder sindical e também enfermeiro do Hospital João Machado denunciou a falta de medicamentos nas unidades hospitalares do Estado. “A falta de medicamento é absurda, tá faltando medicamentos essenciais, os pacientes estão com cirurgias suspensas por questão de pagamentos suspensos”, completou.

Deixe uma resposta