NOVO CRIME DE MENOR PODE LEVAR O SENADO A REDUZIR A MAIORIDADE PENAL DE 18 PARA 16 ANOS

     Família de adolescente de 14 anos assassinada esteve no Congresso e quer falar com Dilma

      
     O assassinato da adolescente Yorrally Ferreira, de 14 anos, deve levar o senado a votar uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que propões reduzir a maioridade penal para crimes hediondos de 18 para 16 anos.
        A proposta havia sido rejeitada pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), mas seu autor, o senador Aluysio Nunes (PSDB/SP), prometeu levá-la ao plenário do senado e,  nesta semana recebeu o apoio da familia de Yorrally.
         Mais uma vez, foi preciso alguém pagar com a vida para que alguma medida de expressão fosse tomada, não é possível um jovem poder decidir um futuro de um município, estado ou país, através do voto e não responder criminalmente pelos seus atos, cabe agora ao senado aprovar a PEC, enviar à sanção da Presidenta Dilma e o Estado garantir sua execução para a segurança da população brasileira.

Deixe uma resposta