O HOMEM DO CAMPO, FICA ANIMADO COM AS ULTIMAS CHUIVAS

As chuva que chegaram ao Seridó na madrugada de ontem (5) é um indicativo da aproximação da Zona de Convergência sobre o Rio Grande do Norte. De acordo com a Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn), o fenômeno atua sobre o Ceará e o estado desde o início da semana, proporcionando a formação de instabilidade. As precipitações ocorreram nas zonas urbana e rural de Caicó, em Serra Negra do Norte, Currais Novos e Timbaúba dos Batistas, com registro de até 100 milímetros.
A zona de convergência é um sistema meteorológico formado do encontro entre ventos alísios do norte e sul. Esses ventos sobem e permitem a concentração de nuvens sobre o local. De acordo com o o chefe do setor de meteorologia da EMPARN, Gilmar Bristot, é possível que as chuvas continuem até o final de semana.
“Zona de Convergência é onde convergem os ventos alísios de baixa pressão, que sobem e criam instabilidade. A zona já se formou e tem 400 km, mas esta posicionado acima do Ceará. Isso que está atuando no Seridó já é convergência, é possível que ela venha logo”, indica Bristot.
Na manhã desta quinta-feira, a EMPARN realizou um encontro em Caicó com novas previsões para o inverno no Rio Grande do Norte. Contrariando as previsões do último encontro de meteorologistas do Nordeste, em janeiro, que classificou o inverno na região como “abaixo do normal”, mudanças na temperatura do Atlântico Sul dão novas perspectivas ao cenário.
FONTE: Blog Robson Pires

Deixe uma resposta