“Papudinhos” não terão folga em São Rafael

ESSA MEDIDA, DEVERIA SER ADOTADA EM NOSSA COMARCA DE LAJES, A BEM DA SAÚDE DOS CAIÇARENSES
Todo mundo conhece algum “papudinho” que fica de bobeira pelas cidades potiguares. O promotor de Justiça em São Rafael, André Nilton Oliveira Rodrigues, tomou uma decisão curiosa. Determinou “a todos os proprietários de bares, lanchonetes e restaurantes, que se abstenham de fornecer bebidas alcoólicas, sob qualquer pretexto”, a “todos os outros munícipes que sofram de alcoolismo ou de algum transtorno mental, cujas condições sejam de conhecimento público e notório”.
À delegacia de Polícia Civil de São Rafael, André Nilton determinou que “lavre o pertinente Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) acaso fique constatada a prática de fornecimento ilegal de bebidas alcoólicas exposta na presente Recomendação” e ao “comandante do Destacamento da Polícia Militar que fiscalize os estabelecimentos comerciais diuturnamente, a fim de verificar a ocorrência da contravenção penal descrita no presente instrumento recomendatório, encaminhando os casos constatados para a Delegacia de Polícia, para a tomada das providências cabíveis”.

Deixe uma resposta