PIADA DO BLOG

O GALO DE ESTIMAÇÃO
Um velho fazendeiro vai ao cinema e o bilheteiro pergunta:
– O que é isso no seu ombro?
– É meu galo de estimação, “raça legorn”, comprei na exposição de Esteio.
– Lamento senhor, mas não permitimos animais no cinema.
O fazendeiro aparentemente concorda. Vai ao toalete e enfia o bicho na bombacha. Volta, compra o ingresso, entra e senta-se ao lado de duas idosas. Quando o filme começa, o fazendeiro abre a bragueta para o galo respirar e o bicho bota o pescoço pra fora, todo feliz. Uma das idosas cochicha para a outra:
– Acho que o cara ao meu lado é um, um tarado.
– Por quê? – indagou a outra.
– É que o cara botou a piroca pra fora!
– Ah, não te preocupa, na nossa idade nós já vimos de tudo.
– Eu também pensava a mesma coisa, mas essa piroca tá comendo a minha pipoca!

Deixe uma resposta