RN registra chuva em 95 municípios

A previsão do tempo do Setor de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) é de continuação das chuvas, hoje (10),  devido a atuação da Zona de Convergência Intertropical sobre a Região Nordeste, que favorecerá a predominância de céu parcialmente nublado com ocorrência de chuvas em todas as regiões do Estado. 
Adicionar legeEm Angicos, choveu 12 mm no fim de semana, mas os agricultores começaram a cortar a terra e fazer plantio, principalmente de feijão, aproveitando a terra molhadanda

No fim de semana choveu em 95 dos 167 municípios potiguares, sendo que o maior índice pluviométrico ocorreu em Parnamirim, na Região Metropolitana de Natalonde choveu 118,3 milímetros entre a sexta-feira e o amanhecer de ontem (9), período monitorado pela Emparn. Já no litoral norte, choveu 92,0 mm em Maxaranguape e 76,2 mm em Baia Formosa, no litoral sul.

Também choveu bem na região Oeste: Caraúbas, 78,0 mm; Martins, 77,0 mm e Campo Grande, 71,9 mm. Na região do Seridó, o maior volume de chuvas – 37,7 mm, ocorreu em São José do Seridó e em  Cruzeta, 29,7 mm.

Embora tenha chovido menos em Parelhas – 19  milímetros, na barragem do Boqueirão, situada naquele município, e que é um dos reservatórios com capacidade volumétrica acima de 5 milhões de metros cúbicos monitorados pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), a lâmina d’água subiu 43,5 centímetros.

O secretário de Agricultura de Parelhas, Ivanilson Pereira de Araújo disse que as chuvas ocorridas nas cabeceiras do rio Seridó, na Paraíba, contribuíra para a tomada de água na barragem Boqueirão, “mas no município as chuvas foram  localizadas”.

Assim mesmo, Ivanilson Araújo informou que a prefeitura já iniciou o corte de terras para o plantio agrícola em três comunidades rurais: Quintas de Baixo, Quintas do Meio e Várzea do Barro. “Já beneficiamos 35 agricultores, mas a nossa meta é atender 550 agricultores”.

O secretário estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, José Mairton Figueiredo de França, alertou que as chuvas do meio e do fim da semana passada, “apenas molharam o  chão” para o começo do plantio, mas em relação às grandes barragens monitoradas pela Semarh. O secretário confirmou que somente a do Boqueirão, em Parelhas tomou água,  no entanto não se tem o quanto os 43,5 centímetros acrescidos à lâmina de água representou no volume acumulado.

Deixe uma resposta