SEGURANÇA: Em meio a crise, Robinson reclama de ‘oportunismo’ e diz: ‘Precisamos de união’

Governador lamentou críticas que o Estado tem recebido de maneira ‘oportunista’; redes sociais estão fervorosas desde caos que se instalou em Alcaçuz
Foto: Reprodução
Em meio a crise penitenciária que foi alimentada no último final de semana com a rebelião que ocorreu no Presídio Estadual de Alcaçuz, o Governo do Rio Grande do Norte, sobretudo o líder do Executivo estadual, Robinson Faria, está sendo muito atacado através das redes sociais. Em declaração dada no Twitter, o governador lamentou as críticas ‘oportunistas’ que estão sendo enviadas até ele e clamou por união para vencer o momento caótico.
“Em um momento de enfrentamento de crise no sistema penitenciário, precisamos de união para combater o crime. Há gente espalhando boatos, usando posições na sociedade para levar informações falsas e denegrir o RN. Não aceitamos essa conduta! Estamos trabalhando noite e dia para superar o problema. O momento é de união, não de críticas oportunistas”, declarou Robinson.
“Não vamos nos intimidar e nem recuar. O Rio Grande do Norte vai enfrentar o problema de cabeça erguida, sempre enfrente”, concluiu o governador, que em breve deverá viajar até Brasília para solicitar reforço ainda maior da Força Nacional no estado.

Deixe uma resposta