UPANEMA: Ordem para matar agricultor que furtou boi em fiat saiu de presídio

O agricultor Jodelson Almeida Bernardo, de 31 anos, foi assassinado a tiros na madrugada deste sábado (04), no alpende de casa na zona rural de Upanema, região Oeste potiguar. Jodelson foi preso em abril suspeito de furtar um boi dentro de um Fiat. Conforme apurado pelo MOSSORÓ HOJE, a ordem para matar a vítima saiu de presos da Cadeia Pública de Caraúbas. 
O homicídio aconteceu no Projeto Assentamento Esperança, distante cerca de 30 km da cidade. 
Segundo Sargento Juscelino, a informação é de que três homens encapuzados chegaram a residência e chamaram a vítima. “Disseram que eram policiais, chamaram a vítima educamente, quando ele saiu na porta perguntaram se ele era o “gordo”, ele disse que sim, aí eles chamaram para o alpende e efetuaram os disparos”, contou o PM ao MOSSORÓ HOJE. 

O policial explicou que Jodelson é bastante conhecido pelo crime de furto de animais, sendo considerado especialista neste tipo de crime. “Essa semana ele foi entregar uma carrada de boi lá em Macaíba”, revelou. 
Quando furtou o boi para fazer churrasco em abril deste ano, Jodelson foi preso em flagrante e levado para a Cadeia de Caraúbas. Lá, ele teria feito algumas inimizades, por isso, a polícia acredita que a ordem para matá-lo saiu de dentro da unidade prisional. “Ele disse a vários outros dentro da prisão que ia entregar os outros detentos a polícia”, afirmou o Sargento. 
De acordo com o policial, Jodelson também atuava no recrutamento de jovens para atuar no tráfigo de drogas na região de Caraúbas e Upanema. 
O crime de homicídio será investigado pela Delegacia de Polícia de Upanema. Até então não há rastros de suspeitos do crime. 

Deixe uma resposta