Vacinação contra a Brucelose no RN encerra nesta segunda (30)

A vacinação contra a Brucelose que teve início no dia 1º de agosto será encerrada na próxima segunda-feira, 30 de setembro. O Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Rio Grande do Norte (Idiarn), reforça a obrigatoriedade de vacinar as fêmeas bovinas e bubalinas, de zero a oito meses de idade.

É importante frisar que a partir do dia 30 de setembro os produtores que não vacinaram e declararam os rebanhos, não poderão mais emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA), utilizada para o transporte dos animais. Além disso, os produtores de leite não poderão fornecer aos laticínios do Estado.

A Brucelose é uma doença infectocontagiosa provocada por bactérias do gênero Brucella, que afeta bovinos, bubalinos, caprinos, ovinos, suínos, entre outras espécies. A doença causa problemas reprodutivos e por se tratar de zoonose pode afetar até o homem. A prevenção do rebanho se dá com a vacinação das bezerras bovinas e bubalinas com idade de três a oito meses com a vacina B19.

O produtor que deseja adquirir a vacina, basta comparecer em uma das lojas autorizadas à comercialização, com posse do receituário emitido pelo veterinário cadastrado no Idiarn. Após isso, deve buscar um médico veterinário cadastrado junto ao Instituto, para vacinar os animais e declarar o rebanho em um dos escritórios do Idiarn, Emater ou Secretárias Municipais de Agricultura.

 

FONTE: Tribuna do Norte

Deixe uma resposta