INVICTO: AMÉRICA VENCE ALECRIM E SEGUE NA LIDERANÇA COM 100% DE APROVEITAMENTO, MAX FOI DECISIVO E MARCOU O GOL DA VITÓRIA

Arthur Maia marcou mais um belo gol,
 e ajudou o América a se manter líder. 
O América venceu mais uma na Copa Cidade de Natal e segue sem saber o que é perder no segundo turno do Campeonato Potiguar. O time rubro enfrentou o Alecrim, na tarde deste domingo (30), e venceu por 2 a 1. Com o resultado, o time rubro chegou aos 12 pontos e segue líder do segundo turno. Já o Alecrim chegou aos 4 pontos e ocupa  6ª colocação na tabela. Os gols da partida foram marcados por Arthur Maia e Max, enquanto Felipe Moreira descontou para o time verde.
Sabendo da importância da vitória, o América entrou em campo partindo para cima do Alecrim. Mesmo assim, o time verde tratou logo de mostrar que os rubros não teriam vida fácil. Em um jogo bastante truncado, aos 14 minutos Adriano Pardal foi derrubado na área e o juiz marcou pênalti. O próprio atacante cobrou, mas o goleiro Danilo evitou o que seria o primeiro gol Alvirrubro. Apesar de ter perdido a penalidade, o América não se intimidou e aos 29 minutos Arthur Maia cobrou falta e abriu o placar na Arena das Dunas. O Alecrim não desistiu e, nos acréscimos, empatou a partida com Felipe Moreira, que aproveitou bom passe de Leomir.
No segundo tempo, o América voltou melhor e perdeu boas chances nos primeiros minutos da etapa complementar. Logo aos 3 minutos, Max teve a chance, mas na hora de driblar o goleiro foi interceptado pela zaga do Alecrim. Apesar de ter desperdiçado essa oportunidade, Max conseguiu desempatar a partida aos 13 minutos. Após receber bom passe de Fabinho, o atacante chutou forte e marcou o segundo gol do América. Apesar da desvantagem no placar, o Alecrim continuou criando oportunidades, mas que paravam no sistema defensivo rubro. Pelo lado do América, o time de Oliveira Canindé também teve chances de ampliar, mas não conseguiu e o jogo terminou com a vitória por 2 a 1.
Na próxima rodada, o América faz o clássico contra o ABC, na Arena das Dunas. Já o Alecrim enfrenta o Globo, no estádio Barrettão. As partidas acontecem no próximo domingo (06) a partir das 17h.

PF PRENDE PORTUGUÊS TENTANDO EMBARCAR NO AEROPORTO AUGUSTO SEVERO COM 2,7 KG DE COCAÍNA

    A Polícia Federal prendeu na madrugada desta segunda-feira(31) no aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim/RN, um designer gráfico, português, 38 anos, acusado de tráfico internacional de drogas. Com ele foram encontrados 2,70 quilos de cocaína camuflados numa mala.
     A prisão aconteceu quando os policiais de plantão no aeroporto fiscalizavam os passageiros que seguiriam em um voo para Portugal e suspeitaram do conteúdo de uma bagagem submetida ao aparelho de raios-X.
    O dono da mala foi então identificado e convocado, na presença de testemunhas, para acompanhar uma revista, sendo a droga encontrada, em um fundo falso, envolvida em um saco plástico.
      De imediato, o estrangeiro recebeu voz de prisão e seguiu para a Superintendência da PF no bairro de Lagoa Nova, onde foi autuado em flagrante delito.

CHUVAS REABREM CRATERA FECHADA NO INÍCIO DO MÊS NA PRINCIPAL AVENIDA NA ZONA NORTE

Mais uma vez as chuvas que caíram no final de semana mostraram as condições precárias das ruas e avenidas da cidade.
No início do mês de março, uma cratera enorme surgiu na Avenida João Medeiros Filho, na Zona Norte, bloqueando quase que totalmente a passagem dos carros e tornando o trânsito mais lento e caótico do que já é.
O serviço de recuperação da avenida foi realizado logo em seguida, mas ao que parece com material de qualidade duvidosa, uma vez que o mesmo buraco voltou a aparecer na manhã desta segunda-feira.
De acordo com as previsões metereológicas, as chuvas devem permanecer durante esta semana, dificultando assim o serviço de reparo na cratera, que deverá se tornar maior com o passar do tempo e com a continuidade das chuvas.
Veja tamanha que a cratera ficou com as chuvas caídas no início do mês.

ECONOMIA DO RN É SUSTENTADA PELO FUNCIONALISMO

A economia do Rio Grande do Norte depende dos recursos públicos para não entrar em colapso. Fragilizada, mesmo com um potencial de fontes de recursos naturais a ser explorado, o lento desenvolvimento do estado potiguar só é possível graças aos dispêndios da União, Estado e Municípios. A participação da Administração Pública através dos serviços de Saúde, Educação e Previdência Social nas atividades econômicas locais correspondeu, segundo os últimos dados tabulados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2011, a 28,3% do Produto Interno Bruto (PIB).

Somente o setor de prestação de serviços supera o do funcionalismo público em injeção de recursos, contribuindo com 72,6% do PIB potiguar. No Estado que, de acordo com o relatório do IBGE, queima gás natural diariamente por não dispor de infraestrutura de escoamento para o excedente que não é usado pelas indústrias ou pela própria Petrobras, além de inutilizar energia eólica pela ausência de linhas de transmissão, a produção de gás natural e eletricidade amargaram 1% na contribuição para a formação do mesmo PIB.

Para o chefe do IBGE no Rio Grande do Norte, Aldemir Freire, a economia estatal precisa se diversificar. “Há um aspecto de dependência muito forte dos recursos públicos. Há, porém, uma regularidade no dispêndio desse dinheiro, o que impede de um colapso econômico ocorrer”, analisou. Aldemir Freire ressaltou que o Setor Público é importante para o desenvolvimento da economia de qualquer nação, incluindo as mais abastadas, como os Estados Unidos. Mas, no caso do Rio Grande do Norte, o setor “é o grande motor da economia potiguar”, muito em decorrência da ausência de diversificação da atividade econômica, concentrando os maiores volumes de recursos em apenas duas áreas.

A comprovação da dependência ocorreu ao longo de 2013, quando dezenas de fornecedores de produtos, mão de obra e equipamentos ao Governo do Estado reclamaram o pagamento de mais de R$ 100 milhões em atraso. Algumas empresas, principalmente as menores, fecharam as portas no período. Os dependentes, porém, estão em todos os segmentos. “Alguns setores privados da Saúde, inclusive, dependem de transferências de recursos públicos, assim como os veículos de comunicação. O atraso nos repasses do recurso públicos acarreta um impacto na economia local”, apontou o chefe do IBGE/RN. Em agosto do ano passado, conforme dados disponíveis no Portal da Transparência do Estado e Prefeitura de Natal, mais de R$ 100 milhões foram consumidos com o pagamento de fornecedores.

“Muitas empresas dependem e sempre tiveram grande percentual da venda focada nos Governos Federal, Estadual e Municipal”, assegurou o superintendente da Associação Comercial do Rio Grande do Norte, Adelmo Freire. A Associação não dispõe de dados relacionados ao montante movimentado anualmente pelos comerciários que assinam contratos com Prefeituras e Governo do Estado, mas ressalta que os negócios firmados com tais entes públicos ainda são responsáveis pela manutenção da maioria das empresas ativas.

Quando se expande a observação para obras públicas de grande monta envolvida, os números superam R$ 1,6 bilhão em contratos de construção de estradas, viadutos, trincheiras, adaptação de vias e saneamento básico. As grandes empreiteiras que vencem as licitações necessitam contratar empresas menores e, este mecanismo, acaba retroalimentando o mercado de trabalho e, consequentemente, impulsionando a economia. Os recursos governamentais acabam sendo o oxigênio que mantém viva a atividade comercial em segmentos diversos Brasil afora.

PUBLICIDADE
A publicização dos atos do Governo do Estado e Prefeituras oxigena também o setor da Comunicação. Dados do Sindicato das Agências de Propaganda (Sinapro/RN) confirmam que as verbas para Publicidade e Propaganda das ações e campanhas educativas do Executivo Estadual, garantidas por Lei e correspondentes a menos de 0,19% do Orçamento Geral do Estado do Rio Grande do Norte para 2014, correspondem a mais de 50% do volume de receitas das agências de propaganda, emissoras de televisão, estações de rádio, jornais impressos e blogs potiguares.

Em tempos de recursos escassos, porém, tal oxigenação sofre baixa e, muitas empresas, principalmente aquelas com menor capital de giro, sucumbem. É justamente este o lado negativo das negociações com Estado e Prefeituras, cujos orçamentos ficam amarrados, na maioria dos casos, aos repasses da União. “Nós temos tentado diminuir essa dependência e distribuir os negócios para outros setores da economia”, analisou Freire. A dificuldade, porém, é encontrar um mercado que consuma tanto quanto o Governamental em suas três esferas.

Fonte: Novo Jornal

GIL DECLARA VOTO EM EDUARDO CAMPOS EM APOIO A MARINA

      O cantor Gilberto Gil declarou seu voto para presidente ao governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB). O voto foi conquistado por conta do acordo entre Campos e a ex-senadora Marina Silva, líder da Rede, que deve ser anunciada oficialmente no dia 14 de abril como candidata a vice na chapa de Campos.
     “Se eles mantiverem a parceria, como tudo indica que manterão, votarei nos dois”, disse Gil para a Folha de S. Paulo. “Gil, o ex-ministro, continua a fazer política quase informalmente. E anda com fé atrás da ex-senadora Marina Silva onde quer ela vá”, completou confirmando seu apoio incondicional a ex-senadora.

CHUVAS DE ATÉ 93MM FORAM REGISTRADAS NO SERIDÓ

As chuvas que banharam o Seridó neste domingo (29) chegaram a 93 milímetros na cidade de Ipueira, mas também foram registradas em várias áreas da região. Confira:
93 mm: Ipueira (zona urbana)
70 mm: Volta da Jurema (Ipueira)
58 mm: Vila II do Sabugi (Caicó)
55 mm: Sítio Extremo (Jardim de Piranhas)
50 mm: Riacho do Olho D’Água (São José do Seridó) e sítio Jardim (Ipueira)
48 mm: São José do Seridó (zona urbana)
45 mm: Saco do André (Paulista/PB)
42 mm: Sítio Patacoroa (Florânia) e sítio Várzea Redonda
41 mm: Serra Negra do Norte (zona urbana)
40 mm: Chácara Recanto dos Deuses (Passagem das Traíras)
39 mm: Sítio Colorau (São João do Sabugi)
38 mm: Sítio Barra do Sabugi
35 mm: Sítio Ferreiro, sítio Garcia e Sítio Cachoeira Grande (Caicó)
33 mm: Granja Santa Isabel
32 mm: Sítio Brejinho, sítio Piedade (Jardim de Piranhas), Barra da Espingarda e Riacho do Salgado (São João do Sabugi)
31 mm: Barra Nova (Caicó)
30,55 mm: 6º BPM (Caicó)
30 mm: Distrito Palma, sítio Quipauá (Jardim do Seridó), sítio Batalha e Casa Nova de Brejinho
27 mm: Sítio Inês Velha
26 mm: Casas Populares (Caicó)
25 mm: Sítio Umarizeiro (São Fernando), Lagoa Nova e sítio Campo Grande (São João do Sabugi)
23 mm: Sítio Mossoró (São João do Sabugi)
20 mm: Sítio Manhoso (Caicó), sítio Jerusalém, sítio Juazeiro sítio Várzea Alegre e sítio Buriti
19 mm: Sítio Entre Serras (Serra Negra do Norte)
18 mm: Sítio Umari
17 mm: Sítio Saboeiro (São Fernando) e comunidade Florânia (Florânia
16 mm: Sítio Carrapateira
15 mm: Brasilgás (Caicó), Boa Passagem (Caicó) e Barra da Maniçoba
14 mm: Cruzeta (zona urbana) e sítio Sacramento (São João do Sabugi)
13 mm: Sítio Ramada (São Fernando)
12 mm: Barra da Espingarda                                                                                                                 11 mm: Timbaúba dos Batistas (zona urbana)

EMPARN PREVÊ CHUVAS EM TODO RN DURANTE O FIM DE SEMANA

     A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) prevê chuvas em todas as regiões do estado durante o fim de semana. De acordo com a empresa, a ocorrência de precipitações está associada às instabilidades causadas pela presença da Zona de Convergência Intertropical.

     A Emparn registrou chuvas em 14 localidades entre esta quinta-feira (27) e sexta-feira (28). De acordo com o relatório, a região Oeste choveu apenas em Campo Grande, com 4,3 milímetros (mm). Já na região Seridó, choveu em Cruzeta (22mm); Parelhas (13,2mm) e, ainda, em São Jose do Seridó, Jardim do Seridó e em Caicó (Açude Itans). 
     No Agreste e Leste do estado foram registradas chuvas principalmente em Parnamirim (20,6mm), além de Natal, Canguaretama, Baia Formosa, Pureza, Senador Georgino Avelino e Extremoz.

IBAMA E PRF APREENDEM MAIS DE 15 MIL ARIBAÇÃSAves apreendidas em

     A Superintendência do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) juntamente à Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu um total de 15 mil arribaçãs abatidas em fiscalizações este ano e aplicou multa de aproximadamente   R$ 6 milhões nos infratores.
Aves apreendidas em Jardim de Piranhas-RN
     As apreensões foram feitas durante a “Operação Migratórias”, que está percorrendo cidades do interior do Rio Grande do Norte, desde o dia 15 de março. Um total de 20 pessoas já foram autuadas por caça ilegal e submetidas a um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Também foram recolhidas cinco armas de fogo.

     Do total, mais de dez mil aves arribaçãs, cuja captura é proibida, foram apreendidas durante a operação no município de Jardim de Piranhas, a 287 km de Natal, no dia 19 de março. De acordo com Jaime Pereira, chefe da unidade do Ibama, em Mossoró, e coordenador da Operação Migratórios, a apreensão aconteceu na zona rural do município, na divisa do RN e Paraíba (PB). As aves foram incineradas junto à outras quatro mil armadilhas do tipo “sangra”, comumente utilizada na caça ilegal.   

     As aves foram encontradas congeladas em freezers. “O local ficava na margem do rio Piranhas. Obtivemos a informação que a venda destas aves no local abastece 90% do comércio de Natal , Caicó e Mossoró, isso é preocupante”, explica Jaime Pereira. O Ibama também encaminha uma portaria comunicando o caso ao Ministério Público Estadual e solicita à Polícia Civil a abertura de um inquérito para que o responsável pela caça e captura responda criminalmente.

    A região do Seridó, principalmente na divisa entre o RN e Paraíba (PB)  é onde há o maior índice de caça e comércio em todo Estado, pois é lá que concentram os locais de reprodução das aves segundo informações Ibama, que aponta outros focos de comércio e caça ilegal como na cidade de Currais Novos, localizado a 172 km da capital do Estado, onde foram apreendidas 20 motocicletas utilizadas nas ações. 

     Segundo Jaime Pereira, a operação não tem data para ser finalizada. “Infelizmente existe uma cultura de caça de arribaçãs e rolinhas principalmente na Paraíba e no RN, por mais que a gente realize maneira persistente essas ações de combate, as pessoas insistem em continuar com a caça e comércio”. Batizada de Migratórios, a operação objetiva combater a caça de aves no Seridó.
Fonte: Tribuna do Norte

COM UMA HORA DE ATRASO E AUDITORIO LOTADO COMEÇA EVENTO DO PMDB

     Começou agora o evento do com a composição da mesa de lideranças. Na lista os ex-senadores Fernando Bezerra e Geraldo Melo, que presidirá os trabalhos na tarde de hoje, no hotel Praiamar. O líder do partido na Câmara dos Deputados, deputado Eduardo Cunha, também já chegou ao local do evento.

MAIS DE 100 PREFEITOS PRESTIGIAM EVENTO DO PMDB

     Segundo dados da organização do evento do PMDB, hoje (28), no hotel Praiamar, mais de 100 prefeitos de diversos municípios e legendas estão prestigiando a apresentação da chapa Henrique Alves (governador), João Maia (vice) e Wilma de Faria (senadora).